Páginas

segunda-feira, 30 de janeiro de 2017

Saudade é o tempo dizendo que ainda não passou.
Saudade é lábio molhado, com cheiro de beijo. É travesseiro amassado, chinelo trocado, camisa jogada. Saudade é xícara deixada no canto do quarto, amarelada e manchada...
Saudade é água gelada batendo na tendinite (dói!).
Saudade tem sonho interrompido, bolo embolorado na mesa, o vento entrando na casa,vazia.Tem a foto amarelada, o arquivo no pendrive, a setlist rodando na USB, em volume alto.
Saudade é download quebrado, é link com erro, é conexão discada caindo e caindo...
Saudade é um rio que nasce dentro do peito e deságua nos olhos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário