Páginas

sexta-feira, 30 de outubro de 2009

No Diário do Vale de Hoje

COnfiram no link a matéria feita no Diário do Vale, jornal aqui de Volta Redonda.


http://diariodovale.uol.com.br/noticias/3,12085.html

Desculpem a ausência,mas a gastrite e a dor de cabeça não têm sido fáceis.
abraço

regina vilarinhos

terça-feira, 27 de outubro de 2009

CONFERÊNCIA MUNICIPAL DE CULTURA

Dia 30 e 31 próximos acontece a I Confêrencia de Cultura de Volta Redonda. Bom? Tomara que sim. Segue abaixo a programação, que me foi enviada pelo Prof Fábio, e mais comentários também no blog Palavra Náufraga, que tem o link aí do lado.
É importante a presença das pessoas que fazem, praticam,lutam, absorvem, criam, respiram, resgatam, frequentam cultura em nossa cidade estejam por lá. Abraços


PROGRAMAÇÃO
Dia 30 de outubro (sexta-feira)
• 14h – Credenciamento;
• 16h – Sessão solene de abertura;
• 16h45min – Apresentações culturais;
• 17h15min – Plenária de aprovação do Regimento Interno;
• 18h45min – Apresentação dos Temas “Cultura, Diversidade, Cidadania e
Desenvolvimento” através dos cinco eixos temáticos da II Conferência Nacional de
Cultura:
- Produção simbólica e diversidade cultural;
- Cultura, cidade e cidadania;
- Cultura e desenvolvimento sustentável;
- Cultura e economia criativa;
- Gestão e institucionalidade da cultura.
• 19h45min – Debate.

Dia 31 de outubro (sábado)
• 8h – Café da manhã;
• 8h30min – Divisão dos grupos temáticos e trabalhos em grupos;
• 12h – Almoço;
• 13h30min – Instalação da plenária (apresentação das propostas);
• 15h30min – Escolha dos Delegados para Conferência Estadual;
• 17h – Sessão de encerramento.

terça-feira, 13 de outubro de 2009

DIA MUNDIAL DO ESCRITOR

Hoje, 13 de outubro, é o Dia Mundial do Escritor. E o site blocosonline está lançando a 9ª Antologia Saciedade dos Poetas Vivos, com a participação de 20 poetas, inclusive esta que vos escreve nesta página.

Visitem o link, apreciem os poemas sobre as 4 Estações de poetas de todo o Brasil.
Fiquei muito feliz por esse convite.
Abraços e flores

http://www.blocosonline.com.br/home/index.php

regina

quinta-feira, 1 de outubro de 2009

Na savana

NA SAVANA


O morrer e renascer fazem parte da grandeza de amar. Só conseguimos enxergar isso porque amamos demais, tudo em nós cheira a amor e quer amor. Por isso, a frase "Eu sou poeta e não aprendi a amar", é tão verdadeira. Nós não aprendemos a amar. Aprendemos a querer amar. Precisamos amar alguém ou algo ou tudo ao mesmo tempo. Pois esta intensidade só nos faz acreditar que estamos vivendo um dia após o outro, sem prestar atenção na qualidade de nosso amor por nós mesmas.

Quando chega o nosso homem, objeto do nosso amor do momento, nós somos um bichinho frágil. Quando ele parte, nós viramos onça e caçamos nossa presa. Parece que é tudo um jogo. E no final da caçada, os restos de nós mesmas ficam espalhados na savana. Não foi a presa que se feriu. Fomos nós. Os abutres nos rodeiam, fantasiados de pássaros lindos, esperando o último suspiro, que não sai. Curamos sozinhas nossas feridas.

E, claudicando, ofegando e nos lavando na água de nossas lágrimas, nosso olhar em volta acredita que temos amor de novo e podemos recomeçar a viver. Parece dramático, fim de mundo. Mas é assim.

Nos poucos momentos felizes que guardamos de cada um deles, vamos fazendo um tour em nós mesmas, em nossas savanas, preparando novas armas para o ataque e se esquecendo de aprender a defesa.

regina vilarinhos