Páginas

quarta-feira, 12 de dezembro de 2007

Quintana - o sábio!

Espelho Mágico

DA OBSERVAÇÃO
Não te irrites, por mais que te fizerem...
Estuda, a frio, o coração alheio.
Farás, assim, do mal que eles te querem,
Teu mais amável e sutil recreio...

DO ESTILO
Fere de leve a frase... E esquece.. Nada
Convém que se repita...
Só em linguagem amorosa agrada
A mesma coisa cem mil vezes dita.

DO CUIDADO DA FORMA
Teu verso, barro vil,
No teu casto retiro, amolga, enrija, pule...
Vê depois como brilha, entre os mais, o imbecil,
Arredondado e liso como um bule!

Um comentário:

  1. Oi querida!!! Te vi na rua hj, só não te gritei pq ia ser um pouco vergonhoso te gritar 7h da janela de um ônibus!!
    Como vc é uma pessoa inspirada eim?! Iluminada!!! a poesia da Sara é linda!!! Eu acho que "enchi o saco" de escrever poesia, mas tomei a decisão de voltar a escrever, talvez crônicas, ou qualquer coisa que me liberte da angústia de perguntas sem respostas. Escrever me faz bem!!! Me inspiro em vc, tb!!!

    Saudades de vc!!!!!!!!

    bjusssssssss

    ResponderExcluir