Páginas

sexta-feira, 5 de outubro de 2007

A Volta de...

Começando as novidades no blog, que além de poesia e crônicas, tem texto de amigos e fala de amigos e amigas, hoje a gente tem uma pitada de conversa com a Celeste Silveira, nossa amiga, que monta projeto, divulga, cria e é esposa do Carlos Henrique, o Baiano. Vejam o que ela diz de Volta Redonda:

A Volta de... Celeste Vieira

Quem é de Volta:
(um personagem que marca a cidade)
- A arte, o artista. Nada mais representativo para uma cidade do que o retrato verdadeiro do artista, nas várias formas de expressão.



foto capa do CD Vale dos Tambores - Carlos Henrique Machado

Na Volta tem:
(coisas que só aqui você encontra)
- Uma cultura de mais de meio século de pensamento industrial. Isso é um trunfo para uma cidade.



foto - PortalVR

Amigos em Volta:
(dê o nome, um ou mais)
- São muitos e queridos amigos, não tem como citar um ou outro.

Volta tem programa?
(teatro, cinema, show, qualquer lugar)

- Tem muitos, muita gente fazendo teatro, artes plásticas, poesia, música, muita música. Mas quero destacar as rodas de samba que acontecem nos bairros periféricos. Ali acontece um manancial de arte genuína.

Comendo em Volta:(bar, restaurantes,etc)
- Qualquer PF bem temperado resolve a minha fome.



Recordações de Volta:
(noitadas, dias, festas, bairros)
- Minha chegada a esta terra, em 1979.

Volta e conta:
(Histórias, poesia, melodias, revelações e outros)
- O que se percebe em Volta Redonda é que é rodeada por várias formas de histórias, mas há uma especial que precisa ser devidamente contada e documentada, é a do dia 09-11-88.


foto- Greve dos metalúrgicos 1988.

Olhando em Volta:
(lugares e paisagens)

Nenhum comentário:

Postar um comentário