Páginas

domingo, 25 de outubro de 2015

Uma vez só te vi.
Mas foi muito tempo até te
reconhecer.
É longo o tempo da alma.
É longo o tempo do amor.
Pequena é a vida neste azul.

regina vilarinhos - 2015

Nenhum comentário:

Postar um comentário