Páginas

domingo, 10 de março de 2013

Maturidade

Maturidade

As pernas vão pesar para sempre mas, caminharei.
O café será amargo, mas beberei.

E terei sempre à mão um feijão à cozinhar,
um lápis para desenhar, um caderno para riscar.

Botões para coser, vinho pra derramar,
momentos para esquecer,
poesias para ler,
bolinhos para chover,
música para amar, amores para rir.

regina vilarinhos

Nenhum comentário:

Postar um comentário