Páginas

quinta-feira, 13 de janeiro de 2011

EU MEREÇO

Partindo da ideia que ninguém sabe melhor do que eu o que realmente quero e mereço dessa vida:

Eu mereço estar onde estou hoje, porque sei bem o quanto custou e custa. É muito melhor do que se possa imaginar.
Eu mereço ter amigas, que me emprestam muita sabedoria. Mereço conhecer a Giovana.
Eu mereço as perdas e os ganhos, cada lágrima que caiu em 2010.
Mereço a minha amiga Patrícia de volta.
Eu mereço a Lud, sendo mãe merecidamente, eu sei que sim.
Eu mereço estar amando de novo, um amor novo e de um homem mais novo.
Eu mereço saber onde anda minha poesia, que ela volte pra casa logo, porque estou pronta para ela.

Assim mesmo:EU MEREÇO, porque a minha vida não é minúscula.

2 comentários:

  1. ô-ô, falas de mim?! Sinto-me lisonjeada.
    Valeu, amiga! Sua poesia voltará numa tarde úmida, regada a café bem quente e aquele tigelão de bolinhos de chuva na mesa. rsrsrs

    ResponderExcluir
  2. E além disso tudo você merece tudo o que há de melhor pela sua sensibilidade.

    Obrigado por, de vez em quando, escrever para nós.

    ResponderExcluir