Páginas

sexta-feira, 14 de agosto de 2009

Sina

Isso foi em janeiro


No Cube do Ibama, cachoeira do Pinho


Eu e meu amigo Olavo, 27 anos depois!


Em algum lugar dentro de ti
Ficou guardado meu cheiro.
Em algum lugar dentro de mim
Ficou marcado o teu segredo.
Em algum lugar dentro de nós
Ficará selado o nosso tempero.

Eu não aguento mais ouvir falar de gripe, de Sarney, de crise...não, não é uma alienação, é uma necessidade falar e viver coisas boas. Meu Universo me faz pensar assim, e é assim que vou fazer. Postar por postar não quero, mas sei que meus poemas ficam coçando na mente e nos dedos.

Gente, anda difícil postar. Muita correria. Tem gente que escreve compulsivamente, tem gente que acorda escrevendo. Sei que é um momento que vai passar e tenho feito outras coisas muito legais que me dão alegria, além de conseguir guardar em meus olhos visões, amigos, lugares, frases e olhares que são pura poesia.

Por isso, repito esse poema. Por isso, vou de novo para Passa Quatro no fim de semana e sim, lá eu tenho certeza que a inspiração volta. Amo esse lugar, assim como amo Paraty!
Passa Quatro foi meu passado adolescente e 27 anos depois, tudo voltou. Não é lindo isso? Queria muito levar todos vocês (meus 3 leitores???) comigo lá um dia.
Minha paz, minha força e meu bem estar tem vindo de lá! É isso!


Márcia e eu- minha mais nova irmã!

Um comentário:

  1. eu nunca fui a passa quatro.. deve ser bem legal!.
    bjssssss

    ResponderExcluir