Páginas

quinta-feira, 23 de maio de 2013

SERRA


SERRA

Sou mais que pássaro, mais que rio e corredeira,
que paina flor em aragem flanando,
mais que trigo espiga forma e pão.

Tracei rastros pelo chão pó,
feito risco da tua passagem,
nos pés deste tronco-corpo.

Rocha montanha, agulhas,
Negras fendas dos contornos extensos
de azul. Pasma-me.

Rugindo em mim tua energia
e vida.

Eu sou um, estou um e permaneço em vários.
  regina vilarinhos

foto:Wallace Feitosa

Um comentário: