Páginas

segunda-feira, 24 de outubro de 2011

ÁRVORE POEMA

Rimas e raízes
flores e versos,
sombreiam a alma em seu quintal.
Descansa poesia,
da catarse matinal.

Nenhum comentário:

Postar um comentário